• COLORMAR

Escolha as cores com o Círculo Cromático!

Você já ouviu falar do círculo cromático? Ele é uma ferramenta indispensável para quem trabalha com cores e para quem quer decorar com profissionalismo, seja para definir as novas tonalidades das paredes ou dos elementos decorativos. Ele garante a indicação das melhores combinações, garantindo assertividade na escolha da paleta de cores.


O que é o Círculo Cromático?

O círculo é composto por 12 cores, sendo três primárias, três secundárias e seis terciárias. É uma ferramenta para quem quer criar combinações e composições harmônicas. Para isso, você precisa conhecer e utilizar as técnicas certas, que ajudam você a encontrar as cores complementares, análogas, tríade, meio-complementares, tom sobre tom, entre outros. 


Como usar o Círculo Cromático

O círculo facilita e deixa as composições cromáticas mais clara, servindo como referência para estudo de cores-pigmentos – que são aquelas cores que conseguimos extrair da própria natureza.

Se tratando de técnicas conhecidas para criar essa comparação e combinação de cores, temos:

  1. Cores Complementares

  2. Cores Análogas

  3. Cores Tríades (Triangulação)

  4. Cores Meio-Complementares

  5. Retângulo

  6. Quadrado

  7. Tom sobre Tom (cores da mesma família)


1. Cores Complementares

As cores complementares são aquelas que estão localizadas ao lado oposto da cor selecionada e, naturalmente, tendem a ser a opção de maior contraste

Mas como duas cores opostas e que brigam pela atenção podem entrar na mesma cena? Simples. Quando juntas, as cores complementares tendem a se neutralizar, pois sua mistura tende a ficar cinza. Assim, mesmo quando não misturadas e dispostas separadamente, o nosso cérebro acaba realizando essa mistura e o efeito visual é sempre muito agradável, sofisticado e dinâmico.


2. Cores Análogas

Dentro do círculo cromático, as duas cores vizinhas a cor selecionada são chamadas cores análogas. No caso do vermelho, por exemplo, temos as cores rosa e laranja como análogas. É possível encaixar as três em uma mesma composição e obter resultados excelentes graças ao equilíbrio que oferecem; ou, então, escolher apenas uma delas para seguir com o projeto.

3. Cores Tríades

A tríade é composta por três cores, que são escolhidas através de um triângulo perfeito, com distâncias iguais em todas suas faces. Ao contrário das complementares, a tríade tem como objetivo uma decoração mais sutil e não tão contrastante quanto. Ainda sim chama muito atenção e deve ser utilizada para destacar diferentes pontos de interesse.

4. Cores Meio-Complementares

Essa é uma variação das cores complementares. Aqui, ao invés de pegarmos a cor em linha oposta, pegamos suas vizinhas, criando o que chamamos de cores meio-complementares. Ao invés de ter tons de alto contraste, se optam por opções vizinhas, que são mais harmônicos e delicados.

5. Retângulo

Ao formarmos um retângulo dentro do círculo cromático, é possível obter 4 cores que remetem vibração e contraste ao espaço. Para quem quer uma paleta de cores mais vívida e descontraída, com certeza é uma boa aposta.

6. Quadrado

Quadrado é o nome dado a técnica em que se utiliza a harmonia em 90º para definir as cores da composição. Tratam-se de cores complementares, vibrantes e de excelente contraste. É uma combinação bem difícil de fazer, mas que quando realizada com sucesso, cria ambientes únicos e charmosos, dignos de capa de revista.

7. Tom sobre Tom

Para quem quer apostar na decoração com paleta de cor monocromática, a dica é apostar nas tonalidades e texturas para criar realces e dar profundidade a decoração. Afinal, um dos seus grandes desafios é conseguir colocar todos os itens da mesma cor e, ainda sim, criar um espaço convidativo e aconchegante.

Existem muitas ideias para acrescentar cores e criar uma harmonia entre elas quando se utiliza o círculo cromático. Agora, definir qual é a melhor paleta de cores para seu espaço vai depender do que você precisa, pois existe uma psicologia por trás das cores que pode implicar na sua utilização. 

Então o melhor que você tem a fazer é contar com a ajuda de um profissional ou, caso isso não seja possível, iniciar os testes com as reformas através de elementos decoraticos básicos, como a tapeçaria, por exemplo. Teste, analise e planeje cada canto com carinho!


Um Abraço

Equipe de Especialistas COLORMAR




Fonte(s): WeVans, Minha Casa Minha CaraCarina PedroMeu Estilo DecorLar Doce LarLíder InterioresHomeketa.

100 visualizações

© 2020 por Tiago Bonin

NOS SIGA!